Por Sylvia Tsen
Diretora Executiva da IFAC

No decorrer do ano, examinamos três oportunidades de tecnologia para profissionais de finanças e contabilidade em 2019

Inteligência artificial e blockchain podem ter atraído a maior parte das notícias de tecnologia nos últimos anos, mas a realidade é que a introdução e os efeitos dessas tecnologias continuarão a se desenvolver a longo prazo. Entre o hype e a realidade, os impulsionadores funcionais da mudança tecnológica nem sempre são óbvios.

Se você trabalha no setor público ou privado, como colaborador de uma empresa pequena ou grande, é provável que seu trabalho esteja evoluindo como resultado de novas tecnologias e inovações.

No início de 2019, verificamos três oportunidades de tecnologia para profissionais de finanças e contabilidade.

Aprofundar sua base de conhecimento Tecnológico

Estamos no meio de algumas das principais tendências tecnológicas que moldarão o campo nas próximas décadas, mas, em alguns casos, o uso ainda não está totalmente atualizado. Este ambiente significa que os contadores devem usar os próximos anos para adquirir habilidades adicionais e expandir sua perspicácia de tecnologia.

Entender a tecnologia em si não é tarefa fácil, mas é certamente o primeiro passo que as organizações estão tomando no campo tecnológico. Enquanto o uso de blockchain, inteligência artificial e outras tecnologias ainda estão a caminho, os profissionais de finanças e contabilidade devem usar este período de desenvolvimento e adoção para aprofundar sua compreensão das soluções atuais e emergentes.

Despertando o Potencial para as PMEs

A contabilidade para empresas de pequeno e médio porte têm muitos desafios que são únicos, e não menos importante dispondo e adotando tecnologias de ponta.

Uma pesquisa de 2018 com mais de 6.000 contadores trabalhando em PMEs descobriu que 38% destas consideram que os desenvolvimentos tecnológicos representam um desafio global significativo. Como resposta, mais de um quarto planeja alocar pelo menos 10% da receita total para investimento em tecnologia no próximo ano.

O rápido aumento da automação contábil para Pequenas e Médias Empresas (PMEs) também significa que estas podem se concentrar mais em serviços de consultoria. Espero que esta tendência continue, especialmente, à medida que os custos diminuem e novos participantes no mercado entram em cena.

Contadores que trabalham em pequenas empresas também veem a tecnologia como um fator de impacto no seu papel nos próximos cinco anos. Na Pesquisa Global de PMEs de 2018 da International Federation of Accountants (IFAC), 78% dos entrevistados esperavam que as novas tecnologias de navegação afetassem os papéis tradicionais de contabilidade e finanças. Outras áreas de mudança tecnológica antecipada incluem gerenciamento de segurança cibernética e risco de TI (73%) e uso de dados para orientar a tomada de decisões estratégicas (68%).

No entanto, recursos restritos significam que as PMEs devem ser estratégicas em seu investimento e implantação de novas tecnologias. As quatro principais áreas em que as PMEs podem aproveitar melhor a tecnologia para apoiar seus negócios incluem: desenvolver competências de TI internas, adotar ofertas de armazenamento em nuvem, adotar a análise de dados como uma oferta de serviço e expandir o alcance geográfico de seus clientes.

Enaltecer os Contadores nos negócios

Desde a revolução do Excel do final do século 20, o papel dos contadores que trabalham nas empresas e no governo continuou a se afastar das tarefas contábeis cotidianas e transacionais e aproximou-se de papéis mais estratégicos e integrados, bem como na consultoria.

Além disso, a automação forçará a revolução das funções financeiras na próxima década, e apresentará a oportunidade de aperfeiçoamento e aprimorará ainda mais essa mentalidade estratégica, ao mesmo tempo em que contribuirá diretamente para as metas organizacionais.

Com um forte entendimento de onde o verdadeiro valor de uma organização tem origem e atentos em criar oportunidades para gerar eficiências, os Diretores Financeiros e de Contabilidade (DFC) estão se tornando cada vez mais o executivo ideal para impulsionar a transformação digital. Os DFCs também podem tirar proveito da robótica e da automação para liberar recursos financeiros e garantir que suas equipes estejam concluindo trabalhos com maior valor agregado.

Mais amplamente, vejo uma grande oportunidade para os contadores e profissionais da área financeira assumirem um papel mais proeminente no gerenciamento de riscos corporativos. No ponto central da criação de valor, a área contábil e financeira tem vastas quantidades de dados financeiros e não financeiros à sua disposição e pode usar isso para sua vantagem, ajudando as organizações a entender melhor seus riscos e oportunidades, auxiliados pela automação.

À medida que as empresas enfrentam mudanças rápidas e a incerteza aumenta impulsionada por eventos geopolíticos, mudanças climáticas, mercados financeiros voláteis e outros fatores, o gerenciamento de risco será de grande importância neste ano e no futuro.

Em 2019 e posteriormente, os avanços tecnológicos representam a maior fonte constante de mudanças e oportunidades para nossa profissão global. Para garantir que você esteja à frente, incentivo os contadores e profissionais de finanças a aprofundar as habilidades de governança de dados, comunicações, armazenamento em nuvem e gerenciamento de riscos para garantir o sucesso neste ano e no futuro.

Este texto foi escrito, originalmente, por Sylvia Tsen, Diretora Executiva da IFAC (tradução CFC).

Link para a publicação original https://www.accountancyage.com/2019/02/06/three-technology-opportunities-for-accountants-in-2019/

Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter